RT Clarion - шаблон joomla Форекс
Terça, Janeiro 16, 2018

Apresentação

A Fundação Viver Produzir e Preservar, é uma organização sem fins lucrativos, situada na Região da Transamazônica, com sede no município de Altamira, Oeste do Estado do Pará; foi fundada em 1991 pela iniciativa das organizações camponesas, movimentos pastorais e populares urbanos e de educadores da Rodovia Transamazônica e do Rio Xingu, mas sua atuação enquanto movimento social organizado ocorre desde a primeira metade da década de 80 do século passado, após o abandono do projeto de colonização da região pelo governo federal. 
Sua atuação inicial contou com o apoio de movimentos pastorais das Comunidades Eclesiais de Bases da Igreja Católica, movimentos políticos e sociais que lutavam pela redemocratização do país, sendo que sua atuação social e política estavam em sintonia com os demais movimentos de organização social que eclodiam no Brasil e na América Latina.

Leia mais

GRANDE ENCONTRO DO OESTE DO PARÁ

Municípios da BR 230-Xingu e BR 163-Tapajós (19 a 21 de Janeiro de 2018 – Município de Rurópolis - Pará)

A Fundação Viver Produzir e Preservar (FVPP), em parceria com a Climate and Land Use Alliance (CLUA) e apoio da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Agricultura do Pará (FETAGRI), através do Projeto Governança Socioambiental, realiza o Grande Encontro do Oeste do Pará, com o objetivo de discutir as estratégias de atuação na região a partir do Plano de Desenvolvimento Regional para o período de 2018-2030. O objetivo é reunir lideranças políticas e sociais, organizações da sociedade civil e do poder público, convidados, assim como os Núcleos Gestores do Plano definidos durante as oficinas realizadas em cada município, para fazermos o fechamento do Plano num grande debate em nossa Região.

PROGRAMAÇÃO

19/01/2018: Durante o dia – chegada dos participantes dos 17 municípios envolvidos e convidados. NOITE: 18:30: Jantar 19:30 - Mística de Abertura – Toninha Arcanjo -Apresentação dos participantes e Apresentação do Vídeo da FVPP 20:00: Composição da Mesa de Abertura (Autoridades e Instituições Presentes) - Breve Histórico dos Movimentos Sociais na Região (Ana Paula Souza e Paulo Medeiros). - Apresentação da Programação e Objetivos Encontro (Aparecida Brandão e João Batista).

20/01/2018 7:00 às 8:00 – Café da Manhã 8:00 – Mesa de Análise Conjuntural – debate sobre temas relevantes considerando os cenários nacional, estatual e regional (20 minutos cada) João Batista Uchôa Pereira – A Sociedade Civil Organizada e seu papel no atual cenário político social e econômico. Zé Geraldo – Atual conjuntura política e socioeconômica nacional e os impactos para região Oeste do Pará. Airton Faleiro – Políticas e Ações de Desenvolvimento do Governo na atual conjuntura, com ênfase na Região Oeste do Pará. Alexandre Lunelli (Brasil Novo) e Geraldo Pastana (Belterra) – Gestão Pública Municipal na conjuntura atual: desafios e possibilidades Raimunda Monteiro – Políticas Públicas e Desenvolvimento no Oeste do Pará: desafios e perspectivas. CLUA - Política Socioambiental no cenário nacional e internacional João PT e Peixe Pau: Política Agrária e Conjuntura Atual – desafios e possibilidades para o oeste paraense. Lucimar Souza – IPAM e João Batista - FVPP: Política Fundiária e Ambiental na Atual Conjunta – desafios e possibilidades para o oeste paraense. 11:00 – Debate 12:00 às 14:00: Almoço 14:00 às 16:00 – Cássio Pereira: Apresentação da Versão Preliminar do Plano de Desenvolvimento Regional 16:00 às 18:00 – Cássio Pereira – Trabalhos de Grupo 19:00 Jantar 20:00 – Anderson Serra – O Papel no Desenvolvimento e o futuro da agricultura familiar na região da Transamazônica. 21:00 - Programação Cultural.

21/01/2018 7:00 às 8:30: Café da Manhã 09:00 às 11:00 – Debate sobre a Estratégia (política, econômica, social, ambiental, projeto de poder) de atuação no Oeste do Pará até 2030. 11:00 – Equipe de Síntese – Encaminhamentos 12:00 – Apresentação da Agenda de Continuidade do Projeto Governança Socioambiental 12:20: Mesa de Encerramento 13:00 – Almoço de Encerramento.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES: A FVPP garantirá transporte (passagem ou combustível desde que apresentem comprovantes) e alimentação dos participantes que virão de outros municípios. Importante que também tragam rede, lençol e toalhas de banho. Se possível confirmar a presença pelo telefone: 93- 991350098 ou email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. Obrigado pela Participação!

 

Credcidadão libera mais de R$ 90 mil em créditos para municípios do Xingu

O Programa Credcidadão esteve nos municípios de Pacajá, Brasil Novo, Anapu e Altamira, para fazer a entrega de 70 microcréditos para empreendedores cadastrados na linha convencional de crédito. Este recurso permite que essas pessoas possam abrir o próprio negócio ou dar continuidade naquilo que já trabalham. 

Com o sonho de melhorar de vida, dona Giduilte Albertina, 60 anos, viu no Credcidadão a oportunidade que precisava para empreender. Dona de um brechó há dois anos, ela diz que este recurso vai lhe ajudar no abastecimento da sua loja. "Com esse empréstimo, vou garantir o abastecimento da loja com mercadorias e aumentar o lucro nas vendas", informou.

O Credcidadão tem como objetivo incentivar a geração de trabalho e renda entre os microempreendedores com necessidade financeira. Além disso, existe uma equipe técnica capacitada para orientar e preparar um plano de negócios aos interessados. 

 

Na região Transamazônica o valor do recurso liberado foi de R$ 90 mil e só foi possível graças a uma emenda parlamentar do Deputado Estadual Airton Faleiro. Parte dos beneficiários são do Movimento de Mulheres da Transamazônica e Xingu, entidade ligada a Fundação Viver, Produzir e Preservar - FVPP.

Edital de Contratação para apoio a Gestão de Unidades de Conservação

A Fundação Viver Produzir e Preservar – FVPP, CNPJ. 34.887.828/0001 – 25, situada a Rua Anchieta, 2092 – Sudam I, município de Altamira – Pará, vem divulgar o presente Edital para Seleção e Contratação de Pessoas com o objetivo de participar do Projeto Motivação e Sucesso na Gestão de Unidades de Conservação Federais – MOSUC.

O projeto tem como objetivo a identificação de soluções inovadoras para os principais desafios de gestão nas Unidades de Conservação da Região Amazônica, assim como o desenvolvimento local e do capital humano.

Informações Gerais

Vagas disponíveis: 07

03 Vagas para atuar no Escritório do ICMBio em Altamira – Pará

04 Vagas para atuar em Campo (02 para o Eixo Xingu e 02 para o Eixo Iriri)

Perfil dos Colaboradores

Auxiliar Operacional de Escritório: ter conhecimento e experiência de atuação ou participação nas comunidades das UCs, ter noção do Plano de Gestão das UCs, possuir ensino médio completo, ter noções de mecânica de automóveis, possuir Carteira Nacional de Habilitação (A-B), ter noções de Informática, ter noções e experiência em trabalho de escritório e almoxarifado, ter conhecimento e habilidade na elaboração de relatórios de campo e documentos básicos como: atas, convites, ofícios, etc.; ter facilidade de comunicação interpessoal e ter habilidade de trabalho em equipe.

Auxiliar Operacional de Campo: Ser das comunidades beneficiadas com o projeto, ter Ensino Fundamental, ter noções de mecânica de automóveis, ter noções de almoxarifado, ter experiência em condução de rabetas e voadeiras, ter conhecimento das rotas dos rios nas Unidades de Conservação supracitadas, ter conhecimento e habilidade na elaboração de relatórios de campo e documentos básicos como: atas, convites, ofícios, etc; ter facilidade de comunicação, ter conhecimento e habilidade de mobilidade nas áreas de florestas das UCs (Mateiro) e ter habilidade em operar e consertar ferramentas e equipamentos como motosserra, bomba d’água, motor gerador, etc.

OBS: Informamos que o não preenchimento de todos os critérios acima solicitado no referido Edital, não caracteriza desclassificação do respectivo candidato interessado.

Atividades Previstas: Os colaboradores contratados deverão contribuir nas atividades previstas no Plano de Gestão das Unidades de Conservação do Núcleo de Gestão Integrada de Altamira considerando os 04 macroprocessos, a saber: 1-Proteção das UCs, 2- gestão Participativa e Gestão de Conflitos, 3- Políticas e Comunidades Tradicionais e Produção e Uso Sustentável e 4-Pesquisa e Monitoramento da Biodiversidade (apoio à pesquisa e autorização e informação científica em Biodiversidade). A seguir as principais atividades previstas:

-Apoiar no controle acompanhamento da manutenção preventiva e corretiva de frota terrestre e aquática

-Conduzir veículos terrestre e aquáticos nas atividades dos macros-processos acima destacados.

-Apoiar no controle de bens apreendidos (identificar, organizar, acondicionar em locais adequados e alimentar planilha de controle).

-Apoia na gestão de documentos

-Realizar a manutenção e operação de equipamentos (motosserras, roçadeiras, bombas d’águas e geradores de energia, e outros

-Apoiar atividades logísticas das reuniões e eventos (abastecer veículos, organizar equipamentos e insumos necessários)

-Apoiar a logística de fiscalização em campo

-Apoiar na aquisição de insumos para as atividades

-Realizar o transporte de pessoas, equipamentos e materiais relacionados as atividades

- Realizar o registro das reuniões (confecção de atas e registros fotográficos)

- Apoiar na mobilização e confirmação da presença dos participantes nos eventos/reuniões

- Organizar documentos e arquivos físicos e digitais

-Apoiar o acompanhamento da agenda de execução dos planos de ação dos conselhos

-Fazer cotações de preços de bens e insumos a serem adquiridos

- Realizar recolhimento de materiais diversos após encerramento dos eventos/reuniões

- Organizar e fazer controle do almoxarifado

-Fornecer apoio administrativo relacionado a emissão de documentos e apoio ao acesso as políticas públicas (Certidão e Declarações, Consultas e realização de cópias)

-Realizar acompanhamento da instalação e funcionamento das cozinhas comunitárias

-Apoiar a organização e logística das oficinas caboclas

-Apoiar o acompanhamento da Condicionante de Belo Mote sobre a pesca

-Apoiar na coleta de dados de pesquisa e monitoramento

- Realizar abertura e manutenção de trilhas (auxiliar de campo – Mateiro)

-Apoiar na sistematização de dados

-Realizar manutenção da infraestrutura nas bases das UCs

-Mobilizar e organizar comunidades e monitores (campanhas do PMB nas UCs)

-Apoiar na organização e logística das atividades de monitoramento e pesquisa

-Organizar Banco de dados (sistematização, tabulação, fotos, informações das ações de monitoramento e pesquisa, etc.)

-Auxiliar nas atividades de escritório e campo

Período da Contratação: 18 meses.

Local Previsto de Execução das Atividades: Estação Ecológica da Terra do Meio – EETM, Parque Nacional da Serra do Pardo – PNSP, Reserva Extrativista do Rio Iriri – RRI, Reserva Extrativista do Rio Xingu – RRX e Reserva Extrativista Riozinho do Anfrísio – RDA.

Remuneração

Valor Bruto: 1 salário mínimo (R$. 930,00)

OBS: Do valor de remuneração supracitado serão descontados os encargos trabalhista, conforme legislação vigente. Carga Horária: 220 horas mensais.

Forma de Contrato: Contrato de Trabalho por prazo determinado (CLT). Serão priorizadas a contratação de pessoas que residam na região das UCs, seu entorno imediato ou próximo à sua base de trabalho (principalmente para o colaborador Auxiliar Operacional de Campo), e que sejam maiores de 18 anos.

Todos os encargos sociais e tributos relacionados, seguro de vida, equipamentos de proteção individual (em acordo com as atividades desempenhadas), transporte e alimentação (nos casos em que for necessário e/ou de acordo com atividades demandadas pela contratante fora do local de atuação), também serão de responsabilidade do contratante.

Dos Prazos do Edital

Os interessados deverão contar com 20 dias para manifestar seu interesse por meio do preenchimento de uma ficha de inscrição (anexa a este edital ou presencialmente no Escritório da FVPP e do ICMBio) e agendamento de entrevista junto à instituição local. O comitê de análise e seleção terá 20 dias para realizar as entrevistas, a seleção e divulgar o resultado.

OBS: A apresentação da documentação referente à comprovação da experiência de trabalho, certificados de cursos, declaração e outros será feita no ato da entrevista.

Período de Inscrição: 11/12/2017 até 02/01/2018

Observação: As inscrições contendo: Ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada, cópia de documentos pessoais (RG, CPF, Carteira de Trabalho, Comprovante de Residência, comprovante de escolaridade) e breve Curriculum deverão ser encaminhadas via email no seguinte endereço: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.:

Ou entregue de forma presencial (em dias úteis e horário comercial) nos seguintes endereços: Sede da Fundação Viver Produzir e Preservar – Rua Anchieta 2092, Bairro Sudam I – CEP. 68371 – 272 – Altamira – Pará e no Escritório do ICMBIO – Altamira, situado na Rua Coronel José Porfírio – Nº 3455 – Bairro: São Sebastião (nas dependências do IBAMA). Período de Análise e Seleção e Entrevistas: 05 a 25 de Janeiro de 2018 Resultado Final: 26/01/2018 Contratação e Início das Atividades: 01 de Fevereiro de 2018 Altamira – Pará, 11 de Dezembro de 2017

FICHA DE INSCRIÇÃO

Nome:___________________________________________________________________ Endereço:________________________________________________________________ RG: _____________________________________________________________________ CPF:____________________________________________________________________ Carteira de Trabalho: _______________________________________________________ *não obrigatório para a inscrição Escolaridade: _____________________________________________________________ Número de filhos:___________________________________________________________ Idade dos filhos:____________________________________________________________ Experiência de trabalho: _____________________________________________________ Declaro estar ciente de todas as condições constantes no edital. _______________________________________________________________ Assinatura do/a Candidato/a 

Projeto Governança Socioambiental avança nos municípios paraenses

Os trabalhos do projeto Governança Socioambiental (FVPP-CLUA) avançam nos municípios do sudoeste do Pará. Os municípios de Anapu e Porto de Moz receberam oficinas que buscam por meio do Plano de Desenvolvimento Regional, aprimorar a organização pautada no tempo e eixos de atuação definidos coletivamente, considerando a atual conjuntura econômica e política do país.

“Dialogar com o povo, planejar o futuro que se deseja. Isso faz a diferença”, destacou Aparecida Brandão da FVPP.

As oficinas realizadas nos dias 14 e 17 de novembro reuniram dezenas de pessoas em Porto de Moz e Anapu respectivamente. O encontro definiu a política de estratégia de atuação para o período de 2018-2030. Com o Plano será possível o fortalecimento do projeto Governança Socioambiental: A ‘Chave’ para a contenção do desmatamento e conservação dos recursos naturais na área de influência das rodovias Transamazônica e BR-163, no sudoeste do Pará.

“Juntos e em parceria lutamos por um novo modelo de desenvolvimento que seja sustentável ecologicamente, economicamente viável e comunitariamente inclusivo”, lembrou a vereadora de Porto de Moz, Xicuta Barbosa.

 

Considerado uma das maiores reservas mundiais de água, fauna e flora e com mais da metade do seu território coberto por florestas, o Brasil tem diariamente uma luta árdua pela preservação ambiental e pela redução das taxas de desmatamento na Amazônia. Esse também é o compromisso da Fundação Viver, Produzir e Preservar (FVPP).

Ascom FVPP

Pagina 1 de 15