Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) no município de Anapu, Pará

De 13 a 22 de setembro de 2023 foram realizadas visitas de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) no município de Anapu, PA, nas comunidades conhecidas como ladeirão da Chica, PDS Esperança – Vicinal I, nova conquista, rio das pedras e Araras, com o objetivo de atender as famílias cadastradas ao projeto: “Solucionando o quebra-cabeça da Amazônia sem desmatamento”.

Fotos: Técnico Ricardo Arceno – FVPP (2023)

Com isso, foi dialogado com os agricultores sobre as pragas e doenças presentes nas áreas de cacau no verão e os métodos de controle para evitar a senescência da planta. Além disso, foi possível identificar perda de plantas por conta da falta de sombreamento provisório e definitivo em algumas propriedades, e ataque das ponteiras causado pelo besouro monalonion. Por isso, foi orientado aos agricultores realizar plantio provisório de banana nas roças novas açaí (8×8) ou essências florestais como cumaru, andiroba (20×20), assim evitando que a lavoura cacaueira sofra danos com excesso de radiação solar diminuindo também o ataque de pragas.

Fotos: Téc. Kelvin de Lima – FVPP (2023)

Outra recomendação técnica foi a respeito da poda fitossanitária nas roças mais velhas para controlar a vassoura de bruxa e podridão parda, além da separação de frutos doentes dos sadios. O coroamento também foi orientado como alternativa por volta dos sete meses ao redor do cacaueiro, onde são eliminadas filas alternadas de bananeiras, deixando os resíduos das plantas derrubadas no próprio local, assim se mantém a umidade, protege-se o solo e melhoram-se as suas qualidades físicas.

Desta forma, nas comunidades supracitadas no município de Anapu, foi dialogado sobre a importância da implantação de sistemas agroflorestais para sombreamento da lavoura cacaueira, utilizando essências florestais para que principalmente no verão com altas temperaturas não ocorra grandes perdas. Além do coroamento, recomendado como alternativa para manter a umidade, proteção o solo e melhoria das suas qualidades físicas.

Esta iniciativa é apoiada pelo Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM) e Agência Norueguesa de Cooperação para o Desenvolvimento (NORAD/Puzzle).