Dema: 20 Anos de Saudades

Neste 25 de agosto de 2021 a Fvpp Xingu em caravana com companheiros dos movimentos sociais de base (STTR, CFR, COOPERATIVA, ASSOCIAÇÕES, MAB, Rádios Comunitárias, Diocese do Xingu, Xingu Vivo, Movimentos de Mulheres, Ufopa, entre outros), vindos de Santarém, Uruará, Altamira, Brasil Novo, Anapu e Pacajá, estiveram na comunidade do Km 75 no município de Medicilândia na Jornada de Homenagem aos 20 Anos de Saudades, alusiva ao aniversário de morte do companheiro Ademir Federicci, o Dema. Foi um dia marcado por alvorada, visitação ao túmulo, almoço comunitário, roda de conversa e missa em homenagem. Principalmente, foi um dia de encontro de diferentes lideranças, mas com objetivo comuns: o desenvolvimento com Justiça socioambiental da Região da Transamazônica e Xingu; foi um dia de militância, de reafirmação da luta; um dia para falarmos ao mundo que a voz que tentaram silenciar, continua ecoando forte em cada um de nós; um dia para lembrarmos que DEMA VIVE! Vive nos movimentos que ele ajudou criar, incentivou, apoiou ou participou (MPST. MDTX, FVPP, STTR, CFR, mandatos populares, Rádios Comunitárias, Movimentos de Mulheres, MAB, cooperativa e associações); Vive nas lutas e conquistas: regularização fundiária, educação, floresta e rios preservados, justiça social, direitos humanos, infraestrutura para o desenvolvimento, luz para todos, asfaltamento da Transamazônica, fortalecimento da agricultura familiar, verticalização da produção, amplo acesso às políticas públicas, preservação ambiental, políticas para as juventudes, empoderamento das mulheres; Vive nos princípios que nos alimenta cotidianamente: família, religião, solidariedade, justiça, inclusão social, liberdade, plenos direitos, união, amizade e companheirismo. DEMA, você VIVE em nossa luta! Não te silenciaram! Não nos silenciarão!Pois com diz a poetiza Alice Ruiz: “Quando penso que uma palavra pode mudar tudo, não fico mudo, EU MUDO!

Aparecida BrandãoAssim FVPP